A vez da pecuária

A vez da pecuária

Produção animal é amplamente debatida na segunda noite do Fórum “O inverno que dá certo”, da Fenatrigo Tec.

:

Pecuária foi o foco da segunda noite Fórum “O inverno que dá certo”, atividade inclusa na programação da Fenatrigo Tec. O público presente no Salão Nobre do Campus acompanhou duas palestras: o supervisor de novos negócios da empresa Biotrigo Genética, Ederson Luis Henz, detalhou as potencialidades da silagem de trigo, recurso utilizado para a alimentação do gado, enquanto o economista da Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul), Ruy Augusto da Silveira Neto, apresentou a viabilidade econômica da integração lavoura-pecuária.

“O que nós [Farsul], enquanto instituição, queremos é que todo mundo continue produzindo visando o longo prazo. Queremos que os filhos, os netos continuem na fazenda”, salientou Ruy, no momento em que enfatizou a importância de projetar as questões orçamentárias do negócio rural.

Houve ainda um debate com mais quatro lideranças regionais: o coordenador da Área de Produção Animal da Unicruz, Luiz Felipe Kruel Borges, o chefe do Escritório de Cruz Alta da Emater/RS, Gustavo Rafael Basso, o presidente do Sindicato Rural de Cruz Alta, Daniel Jobim Badaraco, e o sócio proprietário da Agropecuária Mostardeiro, Marcos Mostardeiro, juntaram-se à dupla de palestrantes para responder dúvidas do público.

A Unicruz é uma das realizadoras da 1ª Fenatrigo Tec, que acontece no Campus até sexta-feira (28).

Quer receber as notícias no seu email, acesse aqui