PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PRÁTICAS SOCIOCULTURAIS E DESENVOLVIMENTO SOCIAL - MESTRADO


Doutora em Letras
Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS
:
Graduada em Letras-Português/Inglês e respectivas Literaturas
Associação de Professores de Cruz Alta - APROCRUZ
Coordenação de Pós-Graduação
+55 (55) 3321-1656
posgradu@unicruz.edu.br
Horários de Atendimento
Manhã / Tarde / Noite

          O Mestrado Acadêmico em Práticas Socioculturais e Desenvolvimento Social visa à potencialização de saberes e teorias que permitam aprofundar a leitura da região para a promoção de práticas de intervenção social, articulando elementos necessários à compreensão da dinâmica do desenvolvimento econômico que cria problemas sociais, ambientais e culturais, os quais se colocam como entraves para o desenvolvimento sustentável regional.

          A proposta do curso delineia como perfil de mestre em Práticas Socioculturais e Desenvolvimento Social pessoas com acentuadas características de inserção, conhecimento, participação, cooperação, liderança, parceria, promoção e desenvolvimento em atividades profissionais no meio sociocultural, ou que com ele tenham relação. Neste sentido, vislumbra-se a formação de sujeitos crítico-reflexivos, capazes de se apropriarem de conhecimentos interdisciplinares essenciais para a solução de problemas e transformações produtivas, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e desenvolvimento social.

          O PPG em Práticas Socioculturais e Desenvolvimento Social se organiza em uma área de concentração – Práticas Socioculturais e Desenvolvimento Social, com duas linhas de Pesquisa:

    1. Linguagem, comunicação e sociedade: objetiva a discussão de aspectos interdisciplinares relacionados a questões que envolvem a linguagem em seus múltiplos aspectos (língua, discurso, ideologia, narrativas do seu cotidiano), bem como questões sociais e culturais que permeiam o contexto contemporâneo. Justifica-se a inserção dessa linha de pesquisa, tendo em vista a necessidade do domínio de tais saberes para a leitura crítica e interdisciplinar de um mundo globalizado, no qual o sujeito atue como protagonista na constituição e sustentação de ações sociais.
    2. Práticas socioculturais e sociedade contemporânea: objetiva a discussão teórica das práticas de intervenção que envolve diferentes faces da formação e desenvolvimento humano, numa abordagem ética e cidadã que perpassa os ciclos da vida. A relevância dessa discussão justifica-se pela necessidade da formação profissional de agentes sociais qualificados ao exercício de práticas socioculturais essenciais às transformações da sociedade atual.

          O curso de Mestrado do PPG em Práticas Socioculturais e Desenvolvimento Social ofertará anualmente 22 vagas. O ingresso dar-se-á por meio de processo seletivo coordenado pelo Colegiado do Programa e divulgado através de edital específico.

          Para a obtenção do título de Mestre em Práticas Socioculturais e Desenvolvimento Social o discente deverá, de acordo com o estabelecido no Art. 40 do Regimento do PPG, cumprir os seguintes requisitos: obter aprovação em um mínimo de 24 (vinte e quatro) créditos em disciplinas; comprovar proficiência em língua estrangeira moderna, até 18 (dezoito) meses após o ingresso no programa; elaborar Trabalho de Conclusão de Curso, redigido em português e seguindo as normas técnicas da ABNT; e, obter aprovação da Dissertação perante a Banca Examinadora.

          A integralização dos estudos será expressa em unidades de créditos, sendo um crédito equivalente a quinze horas aula. O candidato deverá cursar 15 (quinze) créditos referentes às disciplinas obrigatórias e, no mínimo, 09 (nove) créditos correspondente às disciplinas eletivas e ou produção científica, totalizando 24 (vinte e quatro) créditos. As atividades do Curso deverão ser desenvolvidas num prazo mínimo de 12 (doze) e máximo de 24 (vinte e quatro) meses. Não serão atribuídos créditos às atividades desenvolvidas na elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso

ACESSIBILIDADE
Click to listen highlighted text!