Cesta Básica

Cesta Básica

Pelo terceiro mês consecutivo a cesta básica em Cruz Alta registra aumento de preço.

Confira a reportagem em áudio

:

O Banco de Dados Regional (BDR) da Universidade de Cruz Alta divulgou nesta semana o preço da Cesta de Produtos Básicos da Família, onde os cruz-altenses estão pagando em média R$ 867,10 para adquirir os itens da cesta no mês de setembro.

A pesquisa vinculada a Agência de Empreendedorismo, Inovação e Transferência de Tecnologia da Unicruz – Start, coleta mensalmente os preços de 51 produtos que compõem a cesta, em seis supermercados em Cruz Alta.

Entre os produtos que obtiveram maior variação percentual e apresentaram aumento de preço estão: cebola, com 28,04% (+ R$ 0,61); gás de cozinha, com 26,66% (+ R$ 12,90) e o café, com 17,18% (+ R$ 2,63). Já os produtos que obtiveram maior variação percentual e apresentaram redução de preço foram: batata inglesa, 25,72% (- R$ 4,09); maçã nacional, 22,96% (- R$ 0,78) e o desodorante, 19,63% (- R$ 1,25).

Segundo o BDR Unicruz, em setembro, uma família formada com quatro pessoas comprometerá 78,8% do salário mínimo (R$ 1.100,00) para adquirir a cesta. Outro dado apontado pela pesquisa é o custo da ração essencial mínima, de R$ 423,92 para este mês, valor que representa uma redução de 3,44% em comparação ao mês de agosto. A ração essencial é composta por 13 alimentos: arroz, feijão, farinha, pão, carne, leite, açúcar, banana, óleo, margarina, tomate, café e batata. E para o consumo desses alimentos o trabalhador compromete 38,54% do salário mínimo líquido.

Clique aqui para acessar o Boletim completo.

Quer receber as notícias no seu email, acesse aqui