Início do Doutorado

Início do Doutorado

Aula inaugural marca momento histórico para Unicruz

A aula inaugural, da primeira turma de doutorado e do mestrado do Programa de Pós-Graduação em Práticas Socioculturais e Desenvolvimento Social da Universidade de Cruz Alta – Unicruz, foi realizada na última sexta-feira (26), às 19h30min, pela plataforma Google Meet e com transmissão ao vivo pelo canal do Unicruz Play no Youtube.

A atividade marca oficialmente o início do primeiro curso de doutorado da Instituição. O evento foi mediado pela coordenadora do PPG em Práticas Socioculturais e Desenvolvimento Social, Carla Tavares Alves e contou com a palestra do ex-presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), professor Dr. Abílio Baeta Nevez. Na ocasião, o convidado abordou sobre o desenvolvimento da pesquisa na pós-graduação em tempos de pandemia.

O ato solene contou com a participação do reitor, Fábio Dal-Soto, que manifestou as boas-vindas aos participantes e valorizou a presença do ex-presidente da CAPES em um momento especial para a Universidade de Cruz Alta, que simboliza o avanço do PPG em Práticas Socioculturais e Desenvolvimento Social ao nível de doutorado. “O início das atividades do doutorado é um marco acadêmico à Instituição. É um momento novo, em termos acadêmicos sabemos o quão significativo é o avanço de um PPG para o doutoramento”, afirmou.

Na ocasião, o reitor lembrou a trajetória do Programa em Práticas Socioculturais e Desenvolvimento Social que de forma assertiva conquistou o avanço para o doutorado. “A primeira turma de mestrado em Práticas Socioculturais e Desenvolvimento Social iniciou em 2014. Já em 2017, o Programa alcançou o conceito 4  na avaliação da CAPES, e em 2021 começamos o primeiro doutorado da Universidade”.

Em sua fala a pró-reitora de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, Janaina Coser falou que o PPG em Práticas Socioculturais e Desenvolvimento Social é diferenciado por ser interdisciplinar: “vem ao encontro do novo papel das Universidades no processo de construção do conhecimento e na sua contribuição para o desenvolvimento social e humano ao possibilitar intercâmbio, a geração e a aplicação de novos saberes a partir de discussões multiprofissionais, do desenvolvimento sociocultural ”.

:

Pesquisa na pós-graduação em tempos de pandemia

O ex-presidente da Capes teve uma importante participação na configuração do programa de doutorado da Universidade de Cruz Alta, por meio de sugestões para a proposta que ora se inicia. Portanto, foi o convidado especial para ministrar a palestra da aula inaugural.  Doutor Abílio foi recebido ao som da flauta e do saxofone tocados pelo músico e mestrando Diego Bastista da Silva, em um momento artístico.

Em sua fala, o professor Abílio destacou que as dificuldades impostas pela pandemia serviram como uma atualização das práticas de ensino e pesquisa nas IES. “A pandemia não deve gerar pânico na pós-graduação. Algumas universidades viram que era necessário se adaptar. A pandemia forçou a imersão no mundo das tecnologias. A partir de agora é preciso entender que o nosso ensino será híbrido”considerou.

O doutor também avaliou que a pandemia renovou o reconhecimento do trabalho em rede e impulsionou a inovação das práticas de ensino e pesquisa das universidades.  “Inovar é transformar conhecimento em valor, isso é auxiliar um projeto, uma política pública, é contribuir com a sociedade através do saber científico”enfatizou.

Abílio ainda explanou sobre a importância do vínculo com a comunidade que as universidades comunitárias precisam ter na área da pesquisa, agindo como um instrumento de desenvolvimento regional. “A ciência não é um valor fácil de ser reconhecido e sobretudo, o seu custo. Portanto, precisamos através da pesquisa estar mais próximo da comunidade e de forma efetiva contribuir para aumentar a qualidade de vida das pessoas”concluiu o doutor.

 

O evento completo pode ser assistido no Unicruz Play:

Quer receber as notícias no seu email, acesse aqui