Retorno seguro

Retorno seguro

Unicruz prepara volta às aulas com reforço nas medidas de segurança


                               Acompanhando o crescente movimento na região Sul do Brasil pela retomada da presencialidade no setor da educação, a Unicruz se prepara para que o retorno ocorra de forma segura e comprometida com a saúde de seus alunos, docentes e colaboradores. Adaptações na infraestrutura da universidade e a adoção de novos hábitos no retorno ao convívio social, fazem parte das medidas para controlar os riscos de disseminação do novo coronavírus. A Instituição, que já teve sua estrutura e rotina de funcionamento adequadas aos protocolos de segurança vigentes, irá reforçar as medidas implementadas. Esse período de retomada das atividades acadêmicas requer cuidados e a colaboração de todos será fundamental.

                               O início do primeiro semestre letivo de 2021 está previsto para 22 de fevereiro, ainda no formato de aulas remotas. A partir de 1º de março, retoma-se as atividades presenciais, conforme estabelecido pelas Portarias do Ministério da Educação (MEC) nº 1030 e 1038 de 2020. Os dispositivos legais ainda reiteram que a retomada das atividades fica subordinada às autoridades estaduais e municipais, de acordo com o contexto pandêmico local.

                               Ao chegar na Universidade, o estudante deve se dirigir diretamente à sua sala de aula, aferindo sua temperatura no caminho. O percurso contará com os seguintes pontos para aferição: Prédio Central, Ginásio, Prédio 10 (Estética/Fisioterapia), Prédio 12 (CCHS), Prédio 1 (Laboratórios), Arquitetura e Hospital Veterinário. As salas de aula estarão devidamente sinalizadas com sua capacidade de ocupação máxima, orientações para permanência no ambiente e já organizadas conforme o protocolo de distanciamento, respeitando a distância mínima determinada pelas autoridades sanitárias.

                               Cada aluno irá receber um frasco de álcool em gel recarregável. A Unicruz terá pontos de recarga na recepção, no Centro de Ciências Humanas e Sociais (CCHS) e no Centro de Ciências da Saúde e Agrárias (CCSA).

Outras medidas que também devem ser respeitadas por toda a comunidade acadêmica

– Uso obrigatório da máscara em todos os locais da instituição;

– Higienização constante das mãos, ao entrar e ao sair da sala de aula, quando tossir ou espirrar, quando tocar superfícies como corrimões, botões do elevador, maçanetas, interruptores, instrumentos laboratoriais e livros;

– Não abraçar, não apertar as mãos, não trazer chimarrão, não fazer lanche coletivo, não compartilhar objetos pessoais e não trocar as classes de lugar;

– As aulas não terão intervalo, com início às 19h e término às 22h. Esse horário pode ser alterado ao longo do semestre, com base nas condições sanitárias locais.

                               Todos os protocolos de biossegurança estão sendo reforçados e analisados pelo Centro de Operações de Emergências em Saúde para a Educação da Universidade de Cruz Alta (COE-E Unicruz), juntamente com a Pró-Reitoria de Graduação. O Pró-reitor de Graduação, professor Regis Deuschle, ressalta que “é muito importante retomarmos as atividades presenciais na Universidade, tanto no aspecto do ensino quanto para voltarmos a ter uma rotina de maior normalidade, enquanto sociedade. Neste momento é imprescindível, que todos nós tenhamos uma aderência completa aos protocolos de segurança e de circulação adotados pela Instituição. Contamos com a consciência de cada um, em cuidar de sua própria segurança e também daqueles que conviverão conosco, enquanto retomamos as nossas atividades presenciais”.

                               Para mais informações, questionamentos ou entender melhor como será a nova rotina no Campus fique atento aos nossos canais oficiais de comunicação.

Quer receber as notícias no seu email, acesse aqui