Unicruz na comunidade

Unicruz na comunidade

Unicruz e Unimed lançam projeto de atenção à saúde do idoso

Trabalhar de forma preventiva na análise dos impactos da saúde dos idosos. Esse é o foco de um projeto desenvolvido pelo curso de Educação Física da Universidade de Cruz Alta, pelo Programa de Pós-Graduação em Atenção Integral à Saúde e pela Unimed Planalto Central/RS, que conta com o financiamento do Probic/Fapergs, Programa Institucional de Bolsa de Iniciação Científica Fapergs/Unicruz.

O projeto Viver 60+ visa rastrear e identificar os declínios funcionais dos idosos. Para isso, será feito uma avaliação dos riscos de fragilidade nesse público, identificando as necessidades individuais para, assim, proporcionar estratégias e acompanhamento preventivo, de acordo com as necessidades de cada um. Participarão da pesquisa cerca de 1800 idosos com 60 anos ou mais, que são usuários da Unimed Planalto Central/RS.

Os trabalhos estão sendo desenvolvidos pelas equipes das duas Instituições. Inicialmente trabalharão na coleta de dados cinco alunos da Unicruz, da graduação e do Programa de Pós-Graduação em Atenção Integral à Saúde. A análise e tabulação de dados da pesquisa será feita pela professora da Universidade de Cruz Alta Marília Krug e pelo médico, e também professor da Unicruz, Paulo Moreira.

A enfermeira Cristina Dobrachinsk, da Unimed Planalto Central/RS é quem coordena a equipe multidisciplinar disponibilizada para atuar nas atividades do projeto, formada por nutricionista, psicólogo, médico, fisioterapeuta e enfermeira.

As avaliações já estão acontecendo e, neste primeiro momento, o contato é telefônico e servirá para identificar o risco de declínio funcional.

Na sequência, acontecerão as entrevistas para diagnóstico dos problemas de saúde e de condições de moradia, mobilidade, cognição e estado nutricional dos idosos. Posterior a isso, os idosos que apresentarem debilidades, serão separados em grupos e será aplicado o Plano Terapêutico Singular.

O público do projeto será acompanhado periodicamente, conforme especificidade de cada um.

 

Quer receber as notícias no seu email, acesse aqui