Explorando as lives

Explorando as lives

Estudantes de Jornalismo aproveitam recursos de redes sociais para praticar entradas ao vivo.

As tecnologias virtuais estão sendo grandes aliadas do ensino em tempos de isolamento social. Das funcionalidades que ganharam popularidade nesse período, as transmissões ao vivo estão chamando a atenção: elas permitem a interação entre usuários através de uma videoconferência, bem como a participação do público com comentários e perguntas. O recurso foi explorado no curso de Jornalismo da Unicruz na noite de ontem (07): a turma de Telejornalismo promoveu uma live – como também são chamadas as transmissões – na rede social Instagram para que estudantes pudessem praticar entradas ao vivo, uma das atribuições do jornalista em programas de televisivos e radiofônicos.

Mediados pela professora Fabiana Iser, quatro estudantes participaram da live que teve como tema as iniciativas de enfrentamento à pandemia na região. Os acadêmicos Amanda Vieira, Eugênia Trevisan, Maurício Mendes e William Florêncio foram desafiados a pesquisar informações sobre as ações que municípios estão tomando para conter o avanço da Covid-19. “Encontramos uma alternativa para que os alunos exercitassem o aprendizado em um formato mais moderno”, comentou a docente, ressaltando que a intenção da live no Instagram foi substituir as atividades que aconteceriam no estúdio de TV. A transmissão foi acompanhada por 98 espectadores.

Popular entre os cursos

Outras graduações da Unicruz também estão realizando lives, tanto no perfil oficial da Universidade quanto nas suas próprias contas. Também ontem à noite, o curso de Ciências Contábeis transmitiu uma videoconferência sobre declaração do Imposto de Renda para Pessoa Física. Na quarta-feira (06), Direito deu início à uma maratona de lives que ocorrerá semanalmente com participação de docentes e profissionais. O foco das atividades será fomentar debates acerca de assuntos da atualidade envolvendo a área.

Quer receber as notícias no seu email, acesse aqui