CROSSOVER ENTRE HOBBY E ESTUDO

Fã de HQs, estudante de Jornalismo da Unicruz elaborou seu TCC tendo X-Men como pano de fundo.


Perguntinha para os geeks de plantão: Um passatempo pode se tornar objeto de uma pesquisa científica? Desde que exista um problema a solver, não há limites para a criatividade, pelo menos na Unicruz. No final de 2017, o então estudante de Jornalismo Adriel Dalla Vecchia redigiu um artigo em que analisou a construção do discurso em histórias em quadrinhos dos X-Men. Em seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), ele tratou da identificação, nessas histórias, de fragmentos que carregam debates sociais, utilizando-se, para isso, de recursos multimodais, como os diálogos e até mesmo o enquadramento de personagens.

Um dos casos analisados envolve o mutante Noturno, herói que é julgado - e caçado por uma multidão munida com tochas - pela sociedade, logo em sua primeira aparição nos gibis, por conta de suas características físicas, diferentes das humanas, como a pele azul, os olhos amarelados e uma longa cauda. “Noturno, em seus pensamentos, responde afirmando que os verdadeiros nAdriel, em uma das seções.

Mas, qual é a origem do interesse em fazer uma análise semiótica sobre as mensagens imagético-textuais impressas nas páginas de X-Men? O jovem conta que foi lendo uma HQ da Marvel, hábito que cultua desde a infância, que despertou a inquietude. “O momento em que eu decidi o tema do TCC foi quando vi, em uma história, o personagem Colossus enfrentando um vilão que odeia mutantes. Durante a batalha, ele diz algo como ‘Você me odeia só porque sou diferente. O meu caráter não está na aparência, mas sim na alma’”.

Apesar do tópico pouco usual, a pesquisa foi conduzida com seriedade pelo então graduando, que utilizou teóricos como Mikhail Bakhtin, Gunther Kress, Theo van Leeuwen e Norman Fairclough para embasar o seu pensamento. Como em uma ficção de gibis, aqui também houve final feliz: orientado pela professora Veronice Mastella, Adriel teve o TCC aprovado e recebeu o diploma de Bacharel em Jornalismo.


Acesse aqui o TCC do Adriel na íntegra